Fabrício Carpinejar





Divórcio

Mudar de cidade é pouco,
é pouco mudar de país,
é pouco mudar de emprego,
é pouco mudar de pele,
pouquíssimo mesmo mudar de casa
perto de uma separação.

Não mais me pertenço
para buscá-la.

Olhar as coisas pelo ato
de olhar as coisas,
esvaziado.

A metafísica estragou com o chocolate.

Abrir a geladeira como uma porta para rua.
Riscar fósforos e somente riscar fósforos,
sem nenhum cigarro e fogão esperando.

Expulsei fisicamente o amor,
exatamente como me ensinaram,

e não encontro.
Não encontro minhas mãos




Um comentário:

darlene disse...

Bem....rs tem separação que deixa ao menos um muito feliz.....rs