Leminski





Quatro dias sem te ver
e não mudaste nada
falta açúcar na limonada
me perdi da minha namorada
nadei nadei e não dei em nada
sempre o mesmo poeta de bosta
perdendo tempo com a humanidade




2 comentários:

Mimi disse...

ah, Leo, esse Leminski retrata a tua percepção??

pois eu daqui deixo um beijo bem dado e digo que ainda vou ler um poema meu aqui.

Não desisto, mas não me inspiro também...

beijo

Sônia disse...

Esse Leminski é debochado e arrogante, não?