Chinha

lena friess

Escrevo poemas de amor
Deixo escorrer minha dor
Escrevo linhas em desalinho
Frases sofridas ou de esperança....
A vida marca uma lembrança
Mas espezinha a alma
Dá-lhe a desilusão
Lembra-lhe que não existe o coração.....
Hoje queria morrer...ou simplesmente esquecer
O erro abarca a vida
E consegue fazer da alma uma migalha esquecida.
O partir está sempre presente
A saudade viverá mas ausente
Pois o gelo quando cresce
Mostra que a vida endurece
E procura em torpor....
Um outro rasto de amor.




☼☼☼☼☼



Nenhum comentário: