Sidney Magal / Débora Fallabela






Tenho

Sinceramente eu não sei quem dança mais nessa vida,
se os sentimentais,
os canalhas
ou os canalhas sentimentais,
as histéricas, as inteligentes,
ou as lindamente burras.

Eu só acredito nos deuses que dançam, seja no terreiro,
nas nuvens ou na pista.
Não economize seus calçados
seus pés,
suas dobradiças.

Nega, contigo eu me derreto igual manteiga,
porque eu tenho, tu tens,
ele tem um mundo de sensações
um mundo de vibrações que posso te oferecer.



*Desligue o som da Rádio Online!



10 comentários:

Léo Scartezzine disse...

Muito bom..rs..rs.. Débora está muito bem e o "mixer" da música ficou excelente.

Sônia disse...

Ai...Magal...rs...rs...

darlene disse...

E Santa Rosa Madalena, tem por aí?

Como o tempo passa. Nao?

Sônia disse...

Hã?? Não seria: Sandra Rosa Madalena Darlene? Era santa também? KKKKKKK

darlene disse...

kkkkkkkkkkkk...quem sou eu para dizer que a Sandra não era santa....rs

Vc tá certa eu errei mesmo

Léo Scartezzine disse...

Sandra só fingia se santa. Dava mais do que galinha (aliás porque as galinhas levam a fama?).

Sônia disse...

É mesmo Léo? Puxa! Nem a Sandra Rosa Madalena você perdoou? menino...KKKKKKK!!!
Ha...se o Magal sabe disso...rs

Sônia disse...

Fiquei aqui pensando no mundo de sensações que o Magal tem para oferecer!KKKK!! Com esse bocão...hum...rs

darlene disse...

uauuuu....imaginei..Sonia...rs

Sonia disse...

Imaginou né, Darlene? rs...

"Dava mais do que galinha" Interessante. Sempre ouvi assim:
"Dava mais que chuchu na serra" Agora dava mais que galinha...não! rs...afinal o galo é um traste! Coitada da galinha...KKKKKK