Taiguara





Piano E Viola

Olhando o dia de chuva
Vi que mais triste era eu
Sem estrela e sem lua
Te procurava no céu
Fiz do piano a viola
Fiz de mim mesmo o amigo
Fiz da verdade uma estória
Fiz do meu som meu abrigo
Quem canta fala consigo
Quem faz o amor nunca quer ferir
Quem não fere vive tranqüilo
Vê muita gente sorrir
E quem não tiver do seu lado
A quem ama e quer ver feliz
Não diga que não se importa
Diga só o que o amor lhe diz
Essa mentira é uma espuma
Que se desmancha no ar
E deixa n'água um espelho
Pra você se ver chorar
Sorriso bom, só de dentro
Ninguém é bom sendo o que não é
Eu, pra ser feliz com mentira
Melhor que eu chore com fé



*Desligue o som da Rádio Online.


3 comentários:

Léo Scartezzine disse...

É muito bonito.

darlene disse...

Perfeito para um dia como o de hoje.
Belíssimo, Leo.

Sônia disse...

É bonita e triste. Lembro que meus irmãos ouviam muito Taiguara, estavam sempre na fossa...