Astier Basilio





Impressão digital

Após todos os fins
nasço:

nos escombros do muro,
das torres,
do mundo.

Eu,
rascunho permanente,
de um já escrito
epitáfio.

dois ponto um

não inventamos nosso futuro
que sem nome e longe
se ultrapassa
sem saber para onde.

Preferimos não ter perguntas,
nem erros, mas,
velhos de photoshop,
retocamos a morte,
o sonho, a sorte,
o never more
e o nosso retrato
é um extra

sem filme próprio


Um comentário:

darlene disse...

E o livre arbitrio?