Mário Quintana





Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem essa quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor!




4 comentários:

darlene disse...

Outro louco...quer morrer de puro amor....
Pq não viver um puro amor?
Caramba....rs

Sonia disse...

Deixa de chatice Darlene! rs...

Ora...porque até para viver um puro amor, tem que ser louco! KKK

Só louco
Amou como eu amei...
Só louco
Quis o bem que eu quis...
Ah, insensato coração...
Porque me fizeste sofrer
Porque de amor pra entender
É preciso amar...
porque
Só louco, louco...

rs...rs...

Sonia disse...

Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem essa quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!

Até essa parte é a cara do Léo! rs...

darlene disse...

Mas ele quer é MORRER DE PURO AMOR, pode me chamar de chata mas é isso é loucura