Mario Quintana






Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar
Pois o meu verso tem essa quase imperceptível tremor...
A vida é louca, o mundo é triste:
vale a pena matar-se por isso?
Nem por ninguém!
Só se deve morrer de puro amor!


Imagem: Robert Cannon



3 comentários:

Sonia disse...

A vida é louca,triste e breve.
Mas tudo tudo vale a pena se a alma não é pequena.

darlene disse...

Bem...estamos aqui pro que der e vier, e olha que vem....

Saramar disse...

Melhor para quem ama mesmo, porque carrega a esperança sempre e quase nunca se mata... espera, espera, espera.