Sebastião Pinheiro (Tião)




Amanhece

sacode, que a poeira
com o vento vai
e a rocha, se firme,
não vai;
espanta, que o fantasma
com o dia cai
e o corpo, se firme,
não cai;

tá vendo aquela lua
ali entre estrelas
me tirando pra dançar?
tá vendo aquele sol
acolá em céu azul
me chamando pra cantar?

sacode, que a tristeza
com o tempo passa
e o coração, se leve,
fica;
acorda, que o pesadelo
com o dia some
e o sonho, se puro,
amanhece...



*Photo:Rede




3 comentários:

darlene disse...

Bonito.
Aqui tudo é lindo.

darlene disse...

Bonito.
Aqui tudo é lindo.

Sonia disse...

Interessante.