José Angel Valente






O amor está no que não temos
(pontes, palavras).
O amor está em tudo o que içamos
(risos, bandeiras).
E no que combatemos
(noite, vazio)
pelo verdadeiro amor.
O amor está em quanto levantamos
(torres, promessas).
Em quanto recolhemos e semeamos
(filhos, futuro).
E nas ruínas do que abatemos
(possessão, mentira)
pelo verdadeiro amor.




4 comentários:

Sonia disse...

É? rs...

Léo Scartezzine disse...

Não sei, foi você quem sugeriu o poema, o que acha? Eu concordo..rs.

Sonia disse...

Rs...estou brincando com vc Léo.

darlene disse...

Amar é tudo e mais um pouco.