Teresa de Calcutá





2 comentários:

darlene disse...

Faz todo sentido.

Sonia disse...

Sem dúvidas!